O que é pré-stacking na logística?

07 de dezembro de 2023 | Logística

O pré-stacking envolve o agrupamento de produtos semelhantes antes de seu armazenamento.

Essa abordagem visa aprimorar a organização, otimizar a logística e proporcionar uma série de benefícios, que vão desde a economia de espaço até a redução do tempo de manuseio.

Ao organizar os produtos antes de serem inseridos na área de armazenamento, as empresas têm a oportunidade de maximizar a utilização do espaço e melhorar a eficiência de forma geral.

Se você busca aprimorar a organização e otimizar a logística da sua empresa, o pré-stacking pode ser a solução ideal, portanto continue a leitura para saber mais!

O que é pré-stacking na logística?

O pré-stacking (“pré-empilhamento” na tradução) é uma técnica usada na logística para otimizar o armazenamento e a movimentação de produtos. Ela consiste em montar e agrupar produtos antes mesmo de serem armazenados.

Tradicionalmente, os produtos são armazenados individualmente, ocupando mais espaço e dificultando a localização e a contagem dos itens. Por meio do pré-stacking, os produtos são dispostos de forma organizada, facilitando o gerenciamento do estoque.

Descubra a seguir como implementar o pré-stacking em sua operação logística e observe os resultados positivos que essa prática pode proporcionar.

 

Leia também: Lançamento da transportadora em Santos: Decklog!

Como funciona o serviço de pré-stacking?

O funcionamento do pré-stacking inicia-se com a identificação dos produtos que podem ser agrupados.

Essa seleção pode ser realizada com base em vários critérios, como o tipo de produto, tamanho, peso, fragilidade ou demanda.

A implementação do pré-stacking pode ocorrer por meio de diferentes métodos, como no uso de racks especializados e na unitização e paletização da carga. A escolha do método depende da natureza dos produtos e dos requisitos específicos da empresa.

Depois de agrupados, os produtos são organizados em uma ordem específica, garantindo fácil acesso e movimentação eficiente.

Essa técnica é muito utilizada por empresas que lidam com grandes quantidades de produtos semelhantes.

Terminal Pré-Stacking

Terminal Pré-Stacking

O pré-stacking é um processo muito utilizado no transporte de containers, sendo uma fase essencial para armazenar containers vazios ou cheios.

Um terminal de pré-stacking é um local onde os containers são armazenados antes de serem embarcados em um navio. Nesse contexto, o container fica em um terminal de apoio antes de ser encaminhado para o terminal de embarque

Essa prática é muito usada em operações de exportação, principalmente quando há uma exigência rigorosa de prazos para a entrega da carga ao navio.

Como funciona um terminal Pré-Stacking?

Portanto, a armazenagem do container ocorre em um terminal ou depot retroportuário, a fim de prevenir possíveis atrasos na entrega à unidade designada.

As transportadoras de cargas frequentemente oferecem o pré-stacking como parte de seus serviços de transporte de containers.

Além disso, é comum que os próprios terminais de Pré-Stacking assumam a responsabilidade pelo transporte da carga até o terminal, eliminando a necessidade de a transportadora inicial efetuar a entrega.

Tornando-se uma opção viável para aqueles que buscam serviços de entrega

Tipos de Pré-Stacking

O pré-stacking pode ser dividido em dois tipos principais:

  • Pré-stacking normal: O pré-stacking normal é realizado em um terminal de apoio que não possui uma célula da Receita Federal. Neste cenário, a verificação da presença de carga é realizada pelo fiscal da Receita Federal no terminal de embarque, no momento do recebimento da carga.
  • Pré-stacking alfandegado (Redex): O pré-stacking alfandegado é conduzido em um terminal de apoio que possui uma célula da Receita Federal. Nesta situação, a confirmação da presença de carga é dada pelo fiscal da Receita Federal no próprio terminal de apoio, antes mesmo da carga ser entregue no terminal de embarque.

Essa distinção simplifica o trabalho dos despachantes e contribui para aliviar possíveis gargalos nos terminais de embarque.

Benefícios do pré-stacking na logística

Além de aprimorar o espaço e a gestão de estoque, a implementação do pré-stacking em suas operações logísticas pode proporcionar diversas vantagens para sua empresa. Vejamos algumas das principais:

  • Eficiência operacional: O pré-stacking possibilita o armazenamento e a preparação antecipada dos containers para o embarque. Isso contribui para a redução do tempo de espera no terminal de embarque, resultando em uma melhoria geral do processo de transporte.
  • Reduz os custos: A prática do pré-stacking tem o potencial de diminuir os custos de transporte, pois os containers são entregues com antecedência e não precisam ser armazenados no terminal de embarque por longos períodos de tempo.
  • Melhora a segurança: O pré-stacking melhora a segurança ao proporcionar um armazenamento em local seguro e controlado. Esse tipo de abordagem contribui para a proteção dos produtos contra possíveis danos durante as fases de armazenamento e movimentação.

Conclusão sobre o pré-stacking

Conclusão sobre o pré-stacking

O pré-stacking é uma técnica que pode levar a uma maior eficiência operacional, economia de custos e, por consequência, uma maior satisfação do cliente.

Ao organizar os produtos de forma sistemática, é possível evitar a bagunça no estoque e facilitar a localização e contagem dos itens.

Para uma implementação bem-sucedida, as empresas devem se atentar para as técnicas e práticas recomendadas, investir em equipamentos e tecnologia adequados, além de fornecer treinamento adequado à equipe.

É importante adotar as otimizações logística para manter a competitividade em um cenário de negócios em constante evolução.

Diante disso, não hesite, adote o pré-stacking em sua empresa hoje mesmo e experimente os impactos positivos que ele pode trazer.

 

A Decklog é uma transportadora de cargas e está pronta para oferecer serviços de pré-stacking para você e sua empresa, entre em contato com a gente e faça um orçamento!